segunda-feira, agosto 30, 2004



Objectiva (em) Lagos (de cristal)





Fotografia de efe castelo

Guardo as cores do dia na gaveta. Arrumo as luzes dos sorrisos necessários.
Descalço os saltos de agulha e sinto o fresco da tua areia que me invade de memórias.

Passeio-me na praia que sempre sonhei.
Toco na água prateada com a palma das mãos.
Sei que cheguei a casa.
Acendo agora a tua lua e o seu brilho diz-me que voltarei a voar por cima da magia dos dias coloridos.
Esta noite sou prata e negro disfarçado de azul.