Powered by Blogger

domingo, outubro 30, 2005



Inquietação




man ray


why?Who cares?

viajo no imaginário. navego na poesia. afogo-me na arte. morro na tristeza dos meus dias. renasço nos meus orgasmos ocasionais. esqueço-me na solidão ruidosa. reinvento-me no prazer dos nossos corpos em dias esquecidos. finjo-me em espirais de fumo coloridas. choro por dentro. em segredo. sem datas. sem sonhos. sem magias.

why? Who cares?

Somebody cares...


Como tu, meu amigo meu amante, perdido nas datas obrigatórias da vida, feito de laços e abraços de aço e de ferro, olhos de ternura contida e palavras de tesão para sempre, que me disseste um dia:

"-Tu nunca te afogas, nunca morres, nunca desistes, nunca perdes...aguentas até ao fim, até sangrar!! E depois... ainda aguentas mais. "